Elementar meu caro otaku – GOSICK

Vamos falar de Gosick? Eu poderia criar um texto tão grande de Gosick, mas seria total rasgação de seda porque esse anime é incrível. E quem diria, estava com pé atrás antes de assistir, sabe quando você julga um livro pela capa? Então, achei que seria mais um anime chatinho com elementos fofos. Bem, única coisa fofa é a personagem Victorique, de resto é tudo misterioso. Ela é basicamente a versão loli de Sherlock Holmes… Agora, vou te convencer a assistir esse belo anime, vem comigo.


GOSICK

A história de GOSICK acontece no ano de 1924 em uma pequena nação européia, a fantasiosa Saubure. O anime se concentra em Kazuya Kujo, o terceiro filho de um Soldado Imperial Japonês, que está estudando por intercâmbio na Academia Santa Margarida, onde as lendas urbanas e histórias de terror são assunto comum. Lá ele conhece a Victorique, uma garota linda e misteriosa que nunca aparece nas aulas e passa todo o seu tempo na biblioteca, devorando todos os livros ou resolvendo mistérios que os detetives não conseguem resolver. Acompanhem Kujo e Victorique enquanto eles se esforçam para resolverem todo o tipo de mistério assustador.


Me dê a resposta que lhe informo a pergunta…

No enredo há peculiaridades. O anime foca nos casos e mistérios que Victorique deve resolver. Cada caso um caso, mas todos os casos casam entre si… Eita que trava língua. Mas é perfeitamente plausível. Ele não é um anime de dia a dia que fecha um caso e começa outro, todos estão ligados de alguma forma. Tudo, nada ao acaso, tudo que acontece tem um sentido, principalmente para construir a relação dos personagens.

Vou me segurar para não babar demais, vou tentar ser crítico aqui. Certo, falando um pouco dos personagens. Algo que muitos não notam, uma boa história necessita de personagens cativantes, o que é bem explorado em Gosick, até a merendeira da escola é legal. Ele separa muito bem a construção da relação dos personagens com a história principal… Eu disse que não ia babar… Tarde demais, é impossível!

O anime é dividido em história ocasionais que ligam a história principal, e, a história de amor de Victorique e Kazuya. A relação desses dois personagens lembram muito Toradora (outro anime lindo). É realmente muito bem separado e organizado. E curiosidade, grande parte da história é baseada em fatos reais, mas óbvio que portado e adaptado para tudo se encaixar. No fim das contas, os mistérios e casos impossíveis parecem contos de fadas macabros…


Impossível? Não me faça rir…

Uma flor no deserto é possível…

Bem como amor no caos…

Ganhe 14 dias grátis na Crunchyroll! Clique aqui.

Danshi

Danshi

Olá, sou o louco por trás desse blog. Encontre-me fazendo loucuras na categoria "otakulogia", se você rir muito, meu objetivo estará cumprido. A insanidade é uma dádiva, sou louco e busco loucos como eu, sempre comente para a gente se conhecer.
Danshi

Deixe um comentário!