Alô, é da polícia? – Gugure! Kokkuri-san

Sim, mais uma indicação e eu, Danshi, surgindo das cinzas para voltar a fazer indicações também, já que era apenas os colaboradores que faziam isso, uma delas, que inclusive fez indicações épicas e filosóficas, Tia Naka! Chega de explicação, e vamos para a indicação, vou te convencer a assistir esse anime nada convencional e de quebra, vou explicar qual é daquele título suspeito e criminoso do post. Vem comigo!


Gugure! Kokkuri-san

Alô, é da polícia? - Gugure! Kokkuri-san

A história gira em torno de Kohina, uma menininha que invoca Kokkuri-san, um espírito comum do folclore japonês. Mas não é um espírito qualquer que ela invoca: quem vem para assombrar Kohina é o espírito bonitão de um jovem rapaz (lolicon). No entanto, ele fica muito preocupado com os péssimos hábitos alimentares da criança e decide cuidar dela (aham, sei), enquanto a assombra, obviamente.


Nunca invoque espíritos sozinho, jamais! Principalmente se você for uma loli…

Alô, é da polícia? - Gugure! Kokkuri-san

Já vou começar com uma pergunta bem direta. Já se emocionou no primeiro episódio de um anime? Bem, o anime é de comédia e nos engana logo de cara, não existe nenhuma informação que ele é um anime dramático e tal, meio que fui pego de surpresa. E pode ficar tranquilo, mesmo eu contado isso sua experiência não será prejudicada, até porque sei disso, logo, fui avisado que me emocionaria justo no primeiro episódio, e lógico, fiquei curioso… assim como você está agora. Não perdi tempo e fui conferir esse anime, simples assim.

Mas espera aí Danshi, você está muito formalzinho, cadê aquele cara mal, louco, e principalmente, escroto? Ele está bem atrás de você, olhe para trás… Se viu um fantasma, ou melhor, Kukkuri-san, deixe um comentário ou peça ajuda a um pai de santo, você vai precisar. O anime tem essa temática de entidades e religiões, a personagem principal invoca uma entidade chamada Kukkuri-san, que faz parte de um folclore e “brincadeira” muito famosa no Japão, lembra a brincadeira do compasso ou do copo (quem nunca brincou disso não teve infância, conversar com fantasmas meu caro).

Mas porque diabos alguém teria vontade de invocar um espírito maligno para assombrar, e pior, sozinho? Pelo que entendi, não se pode invocar Kukkuri-san sozinho, jamais… e adivinha? Foi exatamente isso que a nossa querida protagonista fez. Que merda, hein… Na verdade, a personagem se sentia sozinha e queria companhia… Muito triste. Mas fique tranquilo, a companhia dela foi um sucesso e muitas loucuras a aguarda. Felicidades da nossa protagonista… Mas e a parada da frase do título do post? Apenas assista, disse que explicaria, mas não prometi… Vá ver o anime, pô!


Reação de um lolicon…

Alô, é da polícia? - Gugure! Kokkuri-san

Hora de pagar por seus crimes…

Alô, é da polícia? - Gugure! Kokkuri-san

Meu sorriso é tão feliz contigo…

Alô, é da polícia? - Gugure! Kokkuri-san

Já que está aqui, conheça a YohStore. São mais de 700 produtos de anime, K-pop e moda oriental!
Danshi-senpai

Danshi-senpai

Olá, sou o louco por trás desse blog. Encontre-me fazendo minhas loucuras na categoria "otakulogia". Se você rir muito, meu objetivo estará cumprido. A insanidade é uma dádiva. Sou louco e busco loucos como eu, sempre comente para eu te conhecer melhor.
Danshi-senpai

Deixe um comentário!